AVISO DE COOKIES: Este site utiliza cookies com o objetivo de recopilar dados estatísticos anónimos de uso do site e de melhorar o funcionamento e personalização da experiência de navegação do utilizador. Aceitar Mais informação
A+ A-
  1. Visit Benidorm,
  2. Que Fazer,
  3. Turismo Activo e Desporto Benidorm,
  4. Caminhadas Benidorm,
  5. Rota Amarelo por Sierra Helada
voltar

Rota Amarelo por Sierra Helada

Um exemplo de um desafio!

Itinerário 2: Travessia da Serra Gelada

Percurso: 12,8 km (só ida)

Duração: De 4 a 4h30.

Desnível máximo: 438 m

Acessibilidade: unicamente apta para passeios pedestres

Dificuldade: Moderada-alta.

A ausência de fontes no percurso impõe a necessidade de levar bebida em abundância. O itinerário tem grandes inclinações de subida e descida, que podemos evitar tomando ramais que mantêm a cota.Iniciamos o percurso desde a área recreativa (1) do Albir, no itinerário 1 (vermelho), com uma subida constante em ziguezague que se inicia com umas escadas de pedra até alcançar a estrada de acesso ao repetidor e às antenas (3), passando ao lado de uma antiga pedreira (2).

“Alt del Governador” No fim deste caminho chega-se ao ponto mais alto da Serra Gelada (438 m), onde se encontra uma estação de repetidores de telecomunicações. Continuando por um caminho asfaltado para baixo, ligar-nos-emos de novo ao caminho (4).

Quase na beira do penhasco encontra-se um marco geodésico (5), de onde poderemos contemplar a majestosidade destes desfiladeiros, vendo como os exemplares de gaivota-de-patas-amarelas que voam a várias centenas de metros abaixo dos nossos pés, se tornam minúsculos à vista.

“L’Illa Mitjana” O percurso pela serra prossegue com contínuas subidas e descidas, passando pelas ruínas de uma antiga casa de vigilância costeira (6) e por um pequeno algibe no talvegue (7).

A meio do caminho encontramo-nos com uma zona onde há um pequeno pinhal que nos servirá para descansarmos um bocadinho (8), e daí apreciarmos uma bela vista da “Illa Mitjana”.

A Cruz A última porção de monte que percorreremos passa por um alto de onde poderemos contemplar de novo os penhascos (9).

A partir deste marco, temos de estar atentos para não perder o caminho que corre entre a vegetação baixa ou sobre a rocha nua.

Minutos depois, chega-se a uma cruz (10) situada acima do Raco de l’Oix, onde começa um caminho asfaltado (11) que tem ligação com o itinerário 3 (azul).